• Josi Paganini

Fervertising: Como representamos as mulheres na publicidade


Femvertising é uma nova expressão que vem da junção de duas palavras em inglês: feminine (feminino) + adversiting (propaganda). Ou seja, sãopropagandas que valorizam o empoderamento feminino.


O termo Fervertising foi criado em 2014 pelo observatório de Mídia americano SheKnows. Ele é usado para descrever a mudança no comportamento de marcar e agências na comunicação direcionada a mulheres. Temas como empoderamento feminino, body positive, igualdade de gênero e outros voltados ao universo feminino são frequentes em campanhas que apresentam o Femvertasing como pensamento.


São marcar que compreenderam o desejo de mudança ansiado para as mulheres. Afinal, elas já são responsáveis por 85% das decisões de compras, ganham cerca de 1,1trilhões de reais por ano (Datafolha, 2014). De acordo com a última pesquisa do IBGE já representam mais de 51,2% da população brasileiras, e desses mais de 100 milhões de brasileiras 65% não se identificam com a publicidade e com a forma como elas são representadas em campanhas. (Pesquisa Agência Patrícia Galvão).


Campanha Beleza Real – Dove

Então, nada mais natural do que a publicidade responder as necessidades dos seus consumidores, criando peças atuais e que reflitam no seu público alvo. Nas últimas edições do Festival de Cannes cases com mensagens de empoderamento feminino ganharam destaques, a exemplo da campanha #likeagirl , da Always ou as campanhas Beleza Real da Dove, que há 10 anos promove a valorização da beleza das mulheres.

As mulheres no Brasil já são responsáveis por 85% das decisões de compra. Elas ganham mais 1,1trilhão reais por ano (Datafolha, 2014). Nos últimos 15 anos o número de mulheres chefes de família dobraram no Brasil (IBGE, 2015).  


As mulheres não são um nicho de mercado se a sua marca não está falando com elas dojeito certo, você está perdendo dinheiro.


Uma pesquisa realizada pela SheKnows em 2016 revelou que:

71% das entrevistadas acreditam que as marcas devem se responsabilizar pela mensagem que passam às jovens consumidoras;

94% das mulheres acreditam que ser retratada com um sex-symbol na publicidade é prejudicial;

52% já compraram um produto pela maneira que o anúncio se dirigia às mulheres;

45% admitiram já ter compartilhado uma peça publicitária por achar que ele empodera as mulheres ;

75% preferem anúncios que mostram mulheres “reais”.


Não tem a ver apenas com o empoderamento feminino ou com o politicamente correto, mas sim  com se comunicar de forma eficiente com uma imensa porção da sua base de clientes.




8 visualizações0 comentário

ASSINE NOSSA NEWSLETTER

NAS REDES

MENU

©2016 por Zuzu Lab • Laboratório Criativo