• Josi Paganini

8 Passos para realizar um bom planejamento

Clima de fim de ano no ar, comemorações, expectativa para a chegada de um novo ano. Tempo perfeito para revisar o que foi feito do nosso negócio até então, se as metas e objetivos traçados no ano anterior foram atingidos, quais as lições que vamos levar para o ano seguinte e criar um plano estratégico para o que estar por vir. Afinal, dezembro é o mês oficial do planejamento.


Mas, se você é do time de empreendedoras que sempre se frustra com as metas não alcançadas, com o plano que ficou guardado na gaveta e não foi concluído ou ainda, é daquelas que não sabe nem por onde começar a desenhar um planejamento. Calma, que vamos te ajudar. Preparamos um Guia Básico de planejamento para te ajudar a tirar as ideias da cabeça e coloca-las no papel. E acredite: escrever o que queremos realizar é um passo muito importante para tornar uma ideia em algo real.


Por onde começar:


1. Tenha objetivos claros. O primeiro passo é saber exatamente onde você quer chegar. Qual é o maior objetivo do seu negócio para esse ano? É aumentar as vendas, abrir uma nova loja, lançar um novo produto ou serviço. Defina qual o principal objetivo do ano. E então os passos que precisam ser dados ao longo dos meses para que ele se torne realidade. Mas seja SMART. Use essa técnica para criar objetivos que sejam Especifico, Mensurável, Atingível, Relevante e Temporal.






Exemplo Objetivo: Inaugurar a 2ª unidade da minha loja em Mato Grosso do Sul até dia 30 de setembro de 2020.






2. Conheça o seu público: Saber exatamente com quem o seu negócio se comunica é muito importante para o seu planejamento. As pessoas são a alma do seu negócio, entender suas dores, necessidades e desejos é parte principal para criar ofertas, conteúdos e ações que gerem valor ao seu cliente.


3. Defina seus canais: Através de quais canais seus clientes podem ser atingidos? Aqui estamos falando de canais de comunicação e também de venda. Por onde seu cliente conhece o seu negócio e por onde ele compra? Defina os canais necessários para alcançar seus objetivos.


4. Anote os recursos necessários: Quais recursos você para atingir seus objetivos? Anote cada um deles e a importância de cada um para o seu plano. Aqui são válidos anotar os recursos financeiros, de equipe, equipamentos que precisam ser adquiridos e outros recursos chaves.


5. Selecione seus parceiros: Quem são os parceiros chaves que podem te auxiliar durante o ano? Outras empresas que podem colaborar com você, um consultor ou analista que precisa ser contratado, um concorrente que podem virar parceiro em um novo produto. Anote todos os possíveis parceiros para os seus objetivos.


6. Defina suas métricas: Quem não mede não sabe para onde está indo. Saber quais são as métricas que precisam ser avaliadas para entender se as metas estão ou não sendo atingidas é essencial. Número de vendas, satisfação do cliente, ticket médio, taxa de engajamento, etc. São inúmeras as métricas que podem ser utilizadas para a avaliação do seu negócio. Defina as suas e não esqueça de criar o parâmetro, como esses números estão hoje? Sem isso fica difícil entender se estamos crescendo ou diminuindo.


7. Tenha um plano de ação: Com tudo isso definido é hora de desenhar o plano de ação. É aqui que você vai anotar todos os passos que precisam ser dados para chegar até o seu objetivo final. Separe também os responsáveis por cada etapa, os prazos de cada uma e os recursos necessários.


8. Revise, Revise, Revise: Todo planejamento para funcionar precisa ser revisado ao longo do tempo. Determine de quanto em quanto tempo você irá checar o seu plano de ação, se certificar que as etapas estão sendo concluídas e ajustar as estratégias que não estão dando certo.


Esses são os passos mais importantes de um planejamento estratégico. Agora é só colocar a mão na massa e escreve-lo. Anotar em um lugar que não seja a sua mente é fundamental, não se esqueça. E não importa qual ferramenta você use – agenda on-line, planner, notas do celular, trello ou mesmo um caderninho de anotações. O importante é que você tenha acesso rápido e fácil para consultar seu plano sempre que precisar.

Revisar esse planejamento ao longo do ano é fundamental. Ajuda a refrescar nossa memória sobre o que é importante para nós e também nos permite ajustar os passos que precisam ser dados ao longo do tempo.


E outra coisa, um planejamento estratégico não está escrito em pedra, ele deve ser flexível para acompanhar as mudanças naturais que acontecem no nosso negócio. Então, nada de perder oportunidades por que ela não estava nos seus planos ou ter medo de abandonar uma estratégia que não funcionou.

31 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

ASSINE NOSSA NEWSLETTER

NAS REDES

MENU

©2016 por Zuzu Lab • Laboratório Criativo